Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 23 - domingo, 14 de agosto de 2022

Aqui, neste local de M. Claros, está a campa, o sepulcro de Padre Henrique Munaiz, considerado santo por milhares de pessoas

Segunda 25/04/22 - 10h40



Notícia publicada originariamente, com imagens, no @montesclaroscom - Clique aqui para ir e seguir o @montesclaroscom no Instagram

Aqui está a campa, o sepulcro de Padre Henrique Munaiz, considerado santo por milhares de pessoas

Dois dias depois de partir cantando, em 19 de outubro de 2017, o corpo de Padre Henrique foi trazido para cá.

É o cemitério interno das monjas carmelitas descalças, ordem fundada por Santa Tereza D’Avila, na clausura de Montes Claros, situada pouco acima da Lagoa da Pampulha, como o povo chama o local.

As centenas de mães que conduziram o corpo pelas mãos, desde a casa do Padre até o Carmelo, não paravam de proclamar pelo caminho, feito a pé - “ é santo, é santo", no cortejo pungente, incomum.

As relíquias de Padre Henrique descansam sob lápide de ardósia numa bancada comum em torno de altar diminuto.

Há pequeno registro da história de cada um, poucos, sepultados ali: o padre e algumas monjas, inclusive a Madre Angélica.

Superiora das monjas, que por décadas viveu em rigoroso confinamento, ascético, a Madre Angélica acabou morta num atropelamento absurdo, numa das raras saídas do convento, no acostamento da estrada para Bocaiuva.

Muita gente frequenta o minúsculo cemitério, em homenagem a S. José, para lembrar, agradecer e pedir graças e intercessão do Padre.

Compartilhe
Siga-nos nas redes sociais