Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 21 - sexta-feira, 27 de novembro de 2020

"Ele não conseguia mais fazer o movimento para respirar" - confirma delegada, sobre homem assassinado em Porto Alegre

Sábado 21/11/20 - 6h34

A morte de João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi por asfixia, indicou o primeiro resultado da necropsia realizada pela perícia em Porto Alegre.
VÉSPERA
Ele foi espancado por seguranças do Carrefour, na noite desta quinta-feira, véspera do Dia da Consciência Negra.
RECEBEU
A delegada responsável pelo caso, Roberta Bertoldo, da 2ª Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa, recebeu ontem os médicos legistas, e disse:
RESPIRAR
"O maior indicativo da necropsia é de que ele foi morto por asfixia, pois ele ficou no chão enquanto os dois seguranças pressionavam e comprimiam o corpo de João Alberto dificultando a respiração dele. Ele não conseguia mais fazer o movimento para respirar", informou.