Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 22 - sexta-feira, 5 de março de 2021

Enterro do general que comandou a maior concentração de tropas do Brasil será hoje, na serra gaúcha. Miotto morreu de Covid-19, aos 65 anos

Quinta 21/01/21 - 5h21

Morreu aos 65 anos o general do Exército Geraldo Antonio Miotto, ex-comandante do Comando Militar do Sul, a maior concentração de tropas do Brasil e colega de academia do presidente Bolsonaro.
COVID
A morte ocorreu ontem, em decorrência da Covid-19. O general vinha hospitalizado desde 1° de dezembro e faleceu por volta das 18h30, no Centro de Tratamento Intensivo do Hospital de Clínicas de Porto Alegre.
PERDA
"Nesse momento de dor, o Comando Militar do Sul se solidariza com familiares e amigos, e expressa as mais sinceras condolências pela perda, como também, agradece a dedicação do trabalho prestado ao Exército Brasileiro e ao Brasil", disse nota do CMS.
SERRA
Miotto nasceu em 20 de março de 1955, em São Marcos, na serra gaúcha. O general ingressou no Exército Brasileiro em 28 de fevereiro de 1972, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas, em São Paulo.
AMAN
Em 1975, seguiu para a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) onde, em 14 de dezembro de 1978, foi declarado Aspirante-a-Oficial da Arma de Cavalaria, sendo o primeiro colocado de sua turma e recebendo a Medalha Marechal Hermes de bronze.
VELÓRIO
O velório será nesta quinta (21), das 10h às 14h, na Paróquia São Marcos, em São Marcos. Na sequência, ocorrerá o sepultamento no Cemitério Público Municipal.
A NOTA
"O Comando Militar do Sul (CMS) informa, com pesar e muita tristeza, o falecimento do General de Exército Geraldo Antonio MIOTTO, antigo Comandante Militar do Sul, que se encontrava na reserva. General MIOTTO, internado desde o dia 1° de dezembro de 2020, devido à COVID-19, faleceu hoje, dia 20 de janeiro de 2020, na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital de Clínicas, na cidade do Porto Alegre/RS.
Como membro do Alto Comando do Exército, o General MIOTTO ocupou os cargos de Comandante Militar da Amazônia (2016 – 2018) e Comandante Militar do Sul (2018 – 2020).
Nascido em 20 de março de 1955, em São Marcos/RS, o General MIOTTO ingressou no Exército Brasileiro em 28 de fevereiro de 1972, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas/SP. Em 1975, seguiu para a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) onde, em 14 de dezembro de 1978, foi declarado Aspirante-a-Oficial da Arma de Cavalaria, sendo o primeiro colocado de sua turma e recebendo a Medalha Marechal Hermes de bronze.
Nesse momento de dor, o Comando Militar do Sul se solidariza com familiares e amigos, e expressa as mais sinceras condolências pela perda, como também, agradece a dedicação do trabalho prestado ao Exército Brasileiro e ao Brasil."