Receba as notícias do montesclaros.com pelo WhatsApp
montesclaros.com - Ano 22 - sábado, 27 de fevereiro de 2021

Forte estrondo, mais ouvido nos bairros do Maracanã e Major Prates, hoje depois das 6h, é atribuído por moradores a tremor de terra em M. Claros. Há relatos por toda parte, mas não registrados pelos sismógrafos de Brasília e S. Paulo

Sexta 22/01/21 - 6h34

Logo depois das 6h da manhã de hoje, um forte e abafado barulho, um estrondo, foi ouvido na cidade de M. Claros, e muitas pessoas dos bairros Maracanã e Major Prates comentam que ali teria havido um tremor de terra.
DIFERENTE
Contudo, o que teria ocorrido parece diferente dos últimos tremores, ocorridos já há alguns anos, em M. Claros. O barulho não foi fundo, interno, no interior da terra, mas mais sonoro, sem aparente tremor.
RASO
Caso se confirme um tremor, ele parece ter sido muito superficial, raso, mais próximo da superfície
BOMBEIROS
O Corpo de Bombeiros informou:
"Em relação a esse fato, informamos que o 7 º BBM recebeu apenas uma ligação de uma moradora do bairro Monte Olimpo pedindo maiores informações sobre esse fato".
PERGUNTOU
O tenente Kollek disse que, no telefonema recebido a pessoa " perguntou se houve tremor de terra, o que não foi percebido pelos militares aqui no centro nem no bairro Ibituruna, onde está localizada a Sala de Operações do 7º Batalhão."
REGISTRO
Até 6h55m, o Observatório Sismológico da Universidade de Brasília não registrava qualquer tremor na região de M. Claros, embora seja lento nesse trabalho. O último registro ali é de ontem.
QUEDA
Uma coisa ficou bastante clara: o barulho foi sentido também na região central de M. Claros, muito audível, sem qualquer dúvida, estrondo semelhante a queda de coisa muito pesada, ou uma colisão gigantesca.
CAVERNAS
Especialistas sempre mencionam que tremores e barulhos superficiais decorrem da queda de cavernas rasas abaixo da superfície, mas sem oferecer maiores riscos.
OUVIDO
Depoimentos à Rádio 98FM Montes Claros, vindos de muitos bairros, relatam que o forte estrondo, acompanhado de muito leve tremor, foi ouvido praticamente em toda a cidade e nos arredores.
DESMORONAMENTO
Isto, segundo especialistas, reforça a hipótese de ter ocorrido um desmoronamento de caverna subterrânea, não muito abaixo da superfície, o que não é incomum, ainda mais em regiões calcárias, como acontece em M. Claros.
CÃES
Como aconteceu em muitas outras vezes, os moradores relatam que os cachorros latiram segundos antes do barulho, descrito por muitos como um impacto, uma forte colisão.
DORES
O Observatório Sismológico da Universidade de Brasília, até as 10h, registrava um tremor de terra hoje no Brasil - em Dores do Indaiá, no oeste de Minas, tremor de 3,1 graus.
USP
Também o serviço sismológico da USP não registra, até aqui, nenhum tremor de terra em M. Claros, barulho fortemente testemunhado pela populaáo, ao amanhecer.